Aparição da Imagem de Nossa Senhora

No dia 17 de Outubro de 1717, três pescadores (João Alves, Felipe Pedroso e Domingos Garcia) estavam encarregados de conseguir peixe para uma celebração que aconteceria ao governante da capitania de São Paulo e Minas de Ouro, o problema que dificultaria muito a pescaria é que não era época de peixes naquele mês.

Eles jogando a rede, conseguiram pescar algo pesado. Depois de tentativas conseguiram levantar uma parte da imagem de Nossa Senhora, e logo depois pescaram uma cabeça da imagem (a qual se encaixou perfeitamente). Depois disso começaram a aparecer muitos peixes, mesmo sendo fora de época.

Com isso, os três pescadores levaram a imagem a casa da esposa de Domingos, que juntou a cabeça ao corpo com cera e montou um altar para a Santa. Daí iniciou-se a devoção: nos sábados vários pescadores iam para a cada de Domingos para rezar. Mais tarde, em 1980, com a consagração da Santa pela Igreja Católica, Nossa Senhora Aparecida se tornaria a padroeira do Brasil. Em 1732, com a imagem com o filho de Felipe Pedroso, foi montado o primeiro oratório aberto ao público, de forma a ir crescendo a popularidade. Até que, em 1955, foi iniciada a construção do quarto maior santuário do mundo, destinado a devoção de Nossa Senhora de Aparecida. 12 de Outubro ficou conhecido como o dia da Padroeira do Brasil.

A imagem é retratada com a cor negra, de forma a se identificar com os oprimidos e humildes (a escravidão estava legalizada na época). A cidade é hoje conhecida como Aparecida, no Estado de São Paulo, recebendo muitos fiéis todos os anos.

Autor – Vinícius Marques Veríssimo