Glórias ao Brasil – Música do Estado Novo

 

Glórias ao Brasil – Música do Estado Novo

“Glórias ao Brasil” é uma canção patriótica dedicada à Getúlio Vargas lançada em 1938, foi escrita por Zé Pretinho, Nuno Roland e Gilberto dos Santos. A canção exalta que as potências estrangeiras queriam dominar o Brasil e seu povo, e usufluir dos seus bens naturais e culturais, colocando Vargas como o grande líder brasileiro que livrou o Brasil destes perigos.

Após quase um século de uma República oligárquica frágil, a Crise atingiu o Brasil, destruindo os laços oligárquicos entre os estados de São Paulo e Minas Gerais, que controlavam a política do país.  O primeiro presidente não oligárquico foi assassinado em circunstâncias suspeitas e um movimento vanguardista de militares se reuniu em torno de Getúlio Vargas, marchando no Rio (então capital) e declarando-o o líder provisório.  Os dois principais partidos foram o ANL, de tendências Comunistas, e o AIB, inspirado no integralismo francês (também português). O primeiro se opôs a Vargas, que usava elementos Fascistas em seu governo provisório, e o segundo o apoiou. Após uma suposta tentativa de golpe comunista da ANL (Intentona Comunista), Vargas dissolveu todas as partes e declarou uma ditadura, chamada “Estado Novo”. Isso irritou a AIB, que tentou tomar a casa presidencial e tomar o poder, mas depois de ter invadido com sucesso a Casa Presidencial e de estar em fogo direto com o próprio presidente, o golpe foi derrotado e a o partido foi dissolvido. Após a Segunda guerra ele deixou o poder, mas voltou novamente, desta vez democraticamente (Vargas foi o único ditador do Brasil a ser eleito pelo povo depois de deposto).

 

Letra:

Brasil, ó rincão querido,

Invejado pelo mundo novo,

Destruído estava seu futuro,

Porque pretendiam dominar seu povo.

 

Surgiu Getúlio Vargas,

O grande chefe brasileiro,

Que entre seus filhos

Como um herói foi o primeiro.

 

Ainda temos na memória

Esse traço de patriotismo.

Hoje tens nome na história

Na emergência de tão negro abismo.

 

Porque existia em seu seio,

Entre os valores verdadeiros,

Getúlio Vargas, que veio

Mostrar ser o Brasil dos brasileiros!

 

Brasil, ó rincão querido,

Invejado pelo mundo novo,

Destruído estava seu futuro,

Porque pretendiam dominar seu povo.

 

Surgiu Getúlio Vargas,

O grande chefe brasileiro,

Que entre seus filhos

Como um herói foi o primeiro.